Me against the world

Fora tudo tão simples noutras eras. Tudo tão hipoteticamente sentido de um modo certamente indefinido mas diferente deste novo.
Que é feito do meu eu querido e preocupado? Para onde foste tu lado doce e meigo?
Tanta revolta que paira nas minhas palavras, tanta intriga que dita os sucedidos.
Pára! Pensa! Muda!
Volta ao teu passado. Vai buscar o teu antigo caminho e deixa-te seguir por ele.
Luta com um objetivo e não sem um fim.
Eu acredito, eu acredito, eu acredito.
E não vou estar descansada enquanto não te tiver de volta pelos mares que nos separam.
Vou encontrar-te outra vez, sei disso, e espero que me desculpes por te ter perdido.

2 comentários:

  1. You and Me against the world, não estás sozinha :)
    É escusado dizer que adorei...

    ResponderEliminar