where have you been?

Saudade da rima cruzada, pobre ou rica.
Foi tempo de mudar, acho que mudei demasiado comigo.
Onde estás tu poesia? Em que gaveta do meu (sub)consciente ficaste?
Diz-me. Expressa-te. Quero-te de volta.
Até já...

2 comentários:

  1. És fantastica e a poesia que tens dentro de ti é imensa, ela está aí (:
    C* <3

    ResponderEliminar